10 exemplos de de marketing de conteúdo irresistível para você se inspirar

10 exemplos de de marketing de conteúdo irresistível para você se inspirar

Alguns exemplos de marketing de conteúdo de sucesso

Posted by Catherine James on 12 de novembro de 2021

Hoje em dia, a diferença entre angariar leads, aumentar o engajamento e melhorar seus resultados financeiros e ter resultados péssimos está no marketing de conteúdo. É provável que já tenha ouvido falar disso, mas talvez não tenha prestado a devida atenção ao assunto.

Na verdade, os benefícios do marketing de conteúdo para sua empresa são muito difíceis de ignorar. É uma ferramenta eficaz para criar consciência sobre seu produto ou serviço com efeitos de longo prazo.

Um dos aspectos exclusivos dessa ferramenta é que existem vários exemplos de marketing de conteúdo para aprender. Aprendemos que o marketing de conteúdo vem em diferentes tipos . Mas você já os viu em ação?

Este artigo explora alguns dos melhores exemplos de marketing de conteúdo que certamente vão inspirar seu negócio. Confira:

1. Escola de Design da Canva

Escola de design da Canva

Um excelente exemplo de marketing de conteúdo surge na popular plataforma de design gráfico online, Canva. Esta plataforma foi lançada para ajudar as pessoas a projetar conteúdo visual e profissional a partir de modelos para páginas pessoais e de mídia social.

A Canva lançou recentemente uma "Escola de Design" para pessoas que desejam aprimorar suas habilidades em design gráfico. E você sabe uma coisa? Você não precisa pagar por um diploma. O que torna este marketing de conteúdo interativo fascinante é que ele ensina dicas e truques de design gráfico às pessoas e explica como a própria plataforma é envolvente.

Alguns dos cursos oferecidos na plataforma reúnem mais de 50 mil alunos. Esses alunos podem incentivar seus amigos em busca de uma carreira em design gráfico a se inscreverem na plataforma.

2. Campanhas TED

TED é uma das plataformas líderes em conectar autores inspiradores, especialistas de nicho, influenciadores e até mesmo líderes a um público global. O que é fascinante sobre o conteúdo do TED é que ele é totalmente gratuito — fato que levou a mais de 22 milhões de assinantes em seu canal no YouTube.

É fundamental destacar que grande parte do conteúdo visual do TED reúne milhões de visualizações. Quando você começa a considerar outras ramificações do TED, como TED Fellows, TEDx, TED Institute, TED-Ed, TED @ Work, The Audacious Project e TED Translators, pode-se facilmente deduzir que a plataforma recebe muito engajamento.

O TED utiliza o marketing de conteúdo não para criar, mas para promover ideias que visam inspirar as pessoas comuns. Eles conseguem isso trazendo os melhores palestrantes do mundo para compartilhar suas ideias e inspirar a sociedade do século XXI.

Desde o seu início, o TED apresentou alguns oradores notáveis, como Elon Musk, Bill Gates, Tim Urban, Chimamanda Ngozi Adichie, Al Gore, Jeff Bezos e muitos mais. Percebe-se rapidamente que o TED não está procurando aumentar o SEO ou o conhecimento da marca.

O TED se concentra na criação e publicação de conteúdo com o qual as pessoas possam se relacionar facilmente e se inspirar por meio do marketing de conteúdo conciso.

3. Blog "Hertz Travel"

Blog de Viagens, Hertz

Muitas pessoas reconhecem a Hertz como uma das locadoras de veículos de destaque. Então, o que eles fizeram para fornecer mais valor para seus clientes? Com a ajuda do marketing de conteúdo, eles conseguiram criar um blog.

O blog de viagens da Hertz conta com postagens de aventureiros internacionais e vloggers de viagens com informações perspicazes para viajantes planejarem suas viagens. Alguns dos blogs destacam os serviços de aluguel de automóveis da Hertz. A maior parte do conteúdo do blog revela dicas privilegiadas, tutoriais e pontos de acesso recomendados para visitar em diferentes cidades.

Os artigos do blog da Hertz apresentam narrativas superiores para atrair o público e incentivá-lo a buscar aventuras em diferentes lugares. Do lado positivo, a Hertz permitiu que os artigos fossem compartilhados em várias plataformas de mídia social, expandindo o alcance da empresa ao entregar guias informativos.

O marketing de conteúdo não precisa se limitar a promover sua marca. Pense em fornecer valor para o seu público, o que, por sua vez, gerará o reconhecimento da marca.

4. Campanha "Fotografado em um iPhone" da Apple

Um dos benefícios fascinantes do marketing de conteúdo é que você não precisa rachar a cabeça para planejar uma estratégia e entrar no mercado. A gigante da tecnologia Apple, sempre faz isso e não é surpresa que eles permaneçam no topo.

Em 2015, a Apple deu início à campanha "Fotografado em um iPhone", que exibia as fotos que seus usuários tiravam com seus smartphones. Esta campanha explora diretamente as inclinações e a criatividade dos clientes. Foi uma mensagem inspiradora que disse às pessoas para criar arte com seus iPhones, como fotógrafos profissionais fazem com suas câmeras digitais.

O frenesi da mídia social despertou o interesse de pessoas em comprar iPhones e serem criativas em suas sessões de fotos. A Apple alcançou o seguinte com esta estratégia de marketing de conteúdo:

  • Ter as pessoas falando sobre seus iPhones.
  • Inspirar as pessoas a tirar fotos incríveis, que terminaram em painéis publicitários nos Estados Unidos.
  • Revelar a qualidade inovadora da câmera de seus dispositivos.

E a campanha foi bem concebida.

5. Dia Internacional da Mulher no LinkedIn

Uma das maneiras criativas em que o marketing de conteúdo foi implantado não foi do típico negócio B2B ou B2C, mas da plataforma de mídia social profissional, o LinkedIn. De acordo com o site, durante a pandemia, as mulheres perderam o dobro do número de empregos que os homens.

Era um fato ao qual o mundo corporativo não estava prestando atenção. No entanto, o LinkedIn conseguiu passar a mensagem ao comemorar as mulheres no Dia Internacional da Mulher. A plataforma também incentivou seus usuários a mostrarem seu apoio às mulheres, compartilhando o vídeo abaixo:

O fascinante sobre a campanha do LinkedIn é que:

  • A mídia social é uma mina de ouro para lidar com questões de diversidade.
  • Gerou consciência sobre uma causa social e/ou corporativa.
  • Melhorou a imagem da sua marca de forma significativa.

6. Campanha "Compartilhe uma Coca" da Coca-Cola

Campanha de marketing da Coca-Cola

Outro exemplo famoso de marketing de conteúdo que você já deve conhecer — bem, exceto que você viver em uma gruta — é a campanha Share A Coke , da marca multibilionária Coca-Cola. Pegou o mundo de surpresa e, desde então, nada permaneceu igual.

Foi uma aposta de marketing que valeu muito a pena. A Coca-Cola começou a adicionar os 150 nomes mais comuns da Austrália em suas garrafas. Tornou-se um frenesi social que se espalhou por todo o mundo.

Devido à natureza da estratégia, todos começaram a conversar e "compartilhar" o refrigerante com seus amigos, nas redes sociais e até mesmo em reuniões. As pessoas iam ao shopping ou lanchonete mais próximo para pedir uma garrafa de Coca-Cola com seus nomes impressos em negrito e compartilhar selfies de sua experiência na internet.

Existem algumas lições para aprender com a campanha de marketing de conteúdo da Coca-Cola:

Personalização

O motivo do sucesso da campanha da Coca-Cola foi a forma como ela atingiu um público global — usando seus nomes. Mesmo os não amantes da marca queriam compartilhar uma foto com uma garrafa com seus nomes.

É disso que se trata o marketing de conteúdo — fazer com que seus clientes se envolvam com seu produto de maneira benéfica, em ambas as extremidades. A Coca-Cola foi capaz de fazer as pessoas se sentirem únicas e, como resultado, aumentar seus lucros. Uma situação duplamente benéfica.

O empolgante nisso tudo é que pesquisas convincentes mostram que 74% dos profissionais de marketing sabem que a personalização aumenta o engajamento do cliente. No entanto, apenas 19% deles a implementa.

Ausência de foco nos resultados

Outra lição de marketing de conteúdo da campanha "Share A Coke" é que o foco não estava no rastreamento de conversões ou qualquer outra métrica de vendas. Tratava-se simplesmente de criar felicidade, fazendo com que todos se sentissem únicos a respeito de si mesmos.

Portanto, esse marketing de vendas indireto é um dos valores centrais do marketing de conteúdo. Veja seus clientes como pessoas iguais a você — com emoções. Crie campanhas de marketing de conteúdo que construirão essa conexão emocional com eles, e o patrocínio automático virá naturalmente.

7. Menção do Burger King a outras marcas

O Burger King aventurou-se a fazer algo que outras marcas nem mesmo tentariam no auge da pandemia, com os protocolos de bloqueio governamental em vigor. A empresa escreveu uma mensagem emocional em seu feed do Twitter, encorajando seus clientes a patrocinar outras cadeias alimentares, especialmente o McDonald's.

Eis o famoso tweet:

https://twitter.com/burgerkinguk/status/1323246831686606851

Todos na indústria alimentares sabem que existe uma rivalidade de longa data entre o Burger King e o McDonald's, desde sua criação nos anos 50. No entanto, esse movimento ousado do Burger King fez com que os clientes e críticos os vissem sob outra perspectiva.

Pedir às pessoas que apoiem outros negócios pode não ser uma boa estratégia de marketing do ponto de vista administrativo. Mas esse gesto revela que as marcas têm um lado humano além da IA, das métricas, dos dados e de tudo o resto.

A postagem gerou mais de 160 mil curtidas, atraindo o público de uma forma excelente.

8. Campanha "Wrapped" do Spotify

Campanha de marketing do Spotify

As plataformas de streaming de música não são exceções ao marketing de conteúdo. Em 2017, o Spotify lançou "Wrapped" — uma campanha baseada em dados do usuário.

A equipe criativa da plataforma selecionou os dados dos usuários para encontrar um padrão para o comportamento de streaming de música. A partir dos resultados que obtiveram, o Spotify criou uma série de estatísticas divertidas que não são apenas agradáveis, mas também compartilháveis.

Assim que os usuários começaram a compartilhar seus resultados, mais e mais pessoas tomaram conhecimento do aplicativo e ficaram ansiosas para entrar no trem. Em dezembro de 2020, as instalações e inscrições para o aplicativo aumentaram em 21%.

Esse movimento criativo do Spotify mostra que o marketing de conteúdo não precisa ser necessariamente caro para se tornar um sucesso mundial. Tudo que você precisa fazer é entender as necessidades do seu público e ver como você pode usar os recursos disponíveis para realizá-lo.

9. Comercial "New Beginning" da Indeed

O marketing de conteúdo não precisa ser apenas para promover o conhecimento da marca. Às vezes, ele aborda o coração e a alma das questões sociais e como isso afeta o setor corporativo/B2B.

Por exemplo, o comercial "New Beginning" da Indeed lança luz sobre algumas das crises que a comunidade LGBTQ+ enfrenta. Ele também promete aos clientes que a Indeed é uma plataforma com a qual eles podem contar durante seu próprio processo de recrutamento.

Somos apresentados a Taylor — um candidato não-conformista de gênero que se prepara para uma entrevista de emprego. Taylor vai em entrevistas, pratica seu discurso e espera pacientemente na recepção do escritório do recrutador.

O entrevistador pergunta a Taylor se se sentiria à vontade para falar sobre os pronomes que deseja usar. Taylor sugere os pronomes “eles/deles” e agradece ao entrevistador, com um sorriso radiante.

Este comercial da Indeed aborda um assunto delicado com clareza de propósito. A inclusão no local de trabalho continua sendo um tópico que precisa ser corrigido. De fato, as contribuições diretas para esse efeito — ao implantar um marketing de conteúdo eficaz — lançam luz sobre o assunto enquanto se posicionam como uma marca inclusiva.

10. Serviço de Entrega em Garagem da Amazon

A percepção é tudo para uma empresa. A marca multibilionária, Amazon, entende isso e o conecta perfeitamente à sua campanha. Uma dessas campanhas de marketing de conteúdo permite que os usuários forneçam aos motoristas locais uma chave digital para destravar a porta da garagem e guardar os pacotes com segurança.

A estratégia de marketing de conteúdo era (e ainda é) adequada para usuários que não estariam em casa durante o horário de entrega e que estariam preocupados com roubos caso sua embalagem fosse deixada exposta na calçada.

Esta campanha de marketing de conteúdo é fascinante porque sempre houve ceticismo sobre dar acesso a estranhos às residências. No entanto, a Amazon analisou criteriosamente os padrões de comportamento de seus clientes, usando o marketing de conteúdo para promover honestidade e confiança.

A campanha de marketing de conteúdo da Amazon fala muito para os clientes porque entende seus desafios e oferece uma solução que funciona.

Conclusão

Documentos de marketing

Nos diferentes exemplos de marketing de conteúdo mencionados acima, você pode ver que sua implementação é ilimitada. Quer você esteja procurando resolver problemas sociais, fornecer informações relevantes, inspirar mudanças ou promover sua marca, o marketing de conteúdo eficaz pode fazer isso tudo acontecer.

Tudo se resume a escolher uma estratégia de marketing de conteúdo que funcione melhor para você. Uma característica comum entre esses exemplos de marketing de conteúdo, independentemente de seus temas, é que eles abordaram as preocupações do público à sua maneira. Sua estratégia de marketing também deve considerar isso.

Assine a nossa newsletter

Recent articles